A VIDA DEPOIS DE IR MAL NO ENEM

Você foi mal no ENEM… e está tudo bem!
Bom, pode ser que ainda não esteja, mas vai ficar. Pode acreditar que vai ficar.
Você recém saiu do último dia de provas e tem certeza, ou desconfia fortemente que não foi bem no ENEM. Teve dúvidas em várias questões, não caiu aquilo que você mais estudou, se atrapalhou no tempo e não fez várias questões e o tema da redação foi de pra ferrar o estudante brasileiro. Quando chegar a época do SISU, você dificilmente vai conseguir a vaga desejada, pelo menos essa é a sua expectativa nesse momento.

Então me explica, por favor, como diabos pode ficar tudo bem?
A partir de agora você só vai ouvir de quem foi bem. Todo mundo vai destacar o que eles fizeram, como estudaram, como administraram o tempo e que dicas eles tem para dar pra tirar 1000 na redação e passar em 1o lugar. Enquanto essa galera que é exceção recebe toda a atenção e vira referência, quem se lembra da maioria que foi mal e muitas vezes sofre em silêncio sem ninguém que entenda verdadeiramente esse sentimento. Então, se você foi mal no ENEM, esse video é para você.

Meu primeiro conselho para quem foi mal no ENEM é: curte a fossa. Se você está com vontade de chorar, chora. Mas chora mesmo, até desidratar e não deixe ninguém dizer que não precisa, que não adianta. Não precisa ter vergonha. Sofrer não é doença. É um processo necessário para a pessoa poder se reorganizar e se reestruturar para uma nova etapa. Viva a sua frustração porque dela você vai tirar lições importantes. Pode ficar mal, está liberado. Coisa chata essa gente que acha que a gente tem que ser otimista o tempo todo.

Sabe qual é a maior tragédia de qualquer aventura, sonho ou projeto? Não começar. Não sair do papel. Porque os sonhos que ficam na cabeça e os projetos que não saem do papel, nunca irão se realizar. Se você teve a coragem de iniciar, você está infinitamente mais próximo de realizar. Se você deu o primeiro passo, você venceu a etapa mais difícil. Ao longo do caminho você vai descobrir que ele pode ser mais longo e com obstáculos mais difíceis do que você imaginava no início, mas isso é algo que você só descobre enquanto caminha.

Você não fez tudo errado. O que aconteceu é que você tinha uma expectativa e ela não foi atingida. Talvez, o problema seja a expectativa e não como você se preparou. Você achou que passaria esse ano, mas se baseou em quê para chegar a essa conclusão? Ela era realista? Ou você simplesmente se deixou levar pela vontade de passar e não conseguiu de avaliar melhor o tamanho do desafio e o tempo necessário para você vencê-lo.

O ano não foi perdido. Se você seguiu o seu caminho, você avançou e evoluiu, então, você não está mais no mesmo lugar. Toda a dedicação e sacrifício até então, podem não ter te feito conquistar a vaga, mas algo foi conquistado. Você melhorou, aprendeu mais, está mais experiente. Você tem uma bagagem maior e ela vai fazer a diferença para o ano seguinte. Você iniciar a corrida mais na frente graças ao esforço desse ano. Então, você não estudou para nada e você vai perceber isso no ano seguinte.

Estudar mais um ano não vai ser tão difícil como está parecendo nesse momento. Você tinha altas expectativas, apostou suas fichas nesse ano e foi mal. Você lembra do ano de sacrifícios que passou e se imagina tendo que fazer tudo de novo. Nesse momento, esse cenário é difícil de encarar, mas você ainda está vivendo a tristeza do mal resultado. Isso te deixa mais sensível e amplifica o seu pessimismo.

A boa notícia é que isso vai passar e quando você recomeçar os estudos vai perceber que está sendo até melhor que no ano anterior, porque você já está mais experiente, sabe onde estão as dificuldades, já conhece os erros que deve evitar. Tudo lhe parece mais familiar, você se sente mais à vontade, os estudos rendem mais e você fica mais confiante.
Você percebe crescimento, evolução e isso te deixa mais otimista pq você se dá conta que está no seu caminho natural, que está respeitando o seu tempo e que o ano em que você não passou não foi uma tragédia ou um fracasso, foi uma etapa importante da sua viagem. Sem passar por ela, você não iria adiante.

Não se sinta mal por ter tentado e não ter conseguido. Você quer ser médico, por exemplo, e não conseguiu. Pelo menos por enquanto. Se você decidir seguir outro caminho, não tem problema, não é derrota. Você tentou e agora avalia que é melhor mudar o seu objetivo. Assim é a vida. O caminho a gente constrói caminhando e não sabe onde ele vai dar. Seja onde quer que você chegue, pelo menos você vai poder olhar para trás e dizer tranquilamente que você tentou. Não vai precisar viver o resto da vida imaginando “e se eu tivesse tentado, como seria?”.

Eu tenho certeza que existe algo melhor para você ali na frente. Algo que talvez você não estava esperando. Algo que você vai encontrar em um caminho que você nem sabia que existia. Uma possibilidade que se revelou graças a um outro objetivo que você não alcançou, mas que só surgiu porque você foi atrás daquele objetivo. Você só precisa dar tempo a você mesmo, respirar fundo e nunca perder a coragem de dar o próximo passo. Você é o capitão da sua alma e o comandante do seu destino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 4 =

CONHEÇA NOSSOS CURSOS PRESENCIAIS E ESCOLHA A MELHOR OPÇÃO PARA A SUA APROVAÇÃO!

EXTENSIVO

Ideal para você, que busca aprovação nos cursos mais concorridos e quer dominar todo conteúdo de Física. Preparação com calma e profundidade para o ENEM e as provas de vestibular das melhores universidades.

INTENSIVO

O mesmo conteúdo do curso extensivo de forma mais rápida e objetiva, para você revisar os assuntos mais importantes e focar na sua aprovação no ENEM e vestibular.

REVISÃO

Direto ao ponto, para refrescar a memória na reta final e trabalhar os conteúdos que vão cair certo nas questões do ENEM e Vestibular.